Sugestão para Linha Amarela e Preocupações quanto a vibrações junto ao Areeiro [Resolvido]

images

Enviada ao Metropolitano de Lisboa:

“Tendo em conta que a freguesia do Areeiro é servida por várias estações do Metropolitano Campo Pequeno, Areeiro, Alameda e Olaias e que na Linha Verde (Areeiro) as composições circulam desde 2012 com apenas 3 carruagens: O movimento de cidadãos “Vizinhos do Areeiro” propõe à Administração da Carris/Metro que a circulação passa a incorporar, em composições alternadas, 3 e 6 carruagens, com indicação nos painéis informativos de que estas não têm paragem na estação de Arroios nem na de Areeiro. Este método já foi usado no passado, com sucesso, e permitiria normalizar a circulação de composições sem criar um aumento exponencial dos custos nem obrigar ao encerramento das estações que não comportam mais do que 3 carruagens.

Por outro lado, o encerramento da estação de Arroios e a passagem (temporária) de seis carruagens nesta linha fez aumentar o ruído e as vibrações nas habitações na Avenida Almirante Reis (designadamente as situadas perto da estação de Areeiro). Que iniciativas de correcção ou mitigação planeia o Metropolitano implementar por forma a reduzir este impacto, com consequências na qualidade de vida dos moradores e na estabilidade estrutural dos edifícios?”

Subscrevem:
Rui Martins
Mira de Lacerda
Ines Domingos
Maria Julieta Mendes Martins
Luz Cano
Filipe Guedes Ramos
Jorge Oliveira
Anabela Nunes
Maria Joao Gouveia
José Eduardo Pereira
Margarida Moita Dos Santos
Susana Castelão
Gabriel Osório de Barros
Rui Moura
Ana Markl
Bruno Marques Horta
Isabel Casquilho
Joao Paulo Trindade
Luis Seguro
Rui Leal Miranda
Clara Ribeiro
Filipa Leitão de Aguiar
Isaias Santos
Mary Millicent
John Burney
Maria Oliveira
Rosario Barata
Belicha Geraldes
Ana de Sá
Qju Nunes
Teresa Raposo
José Vieira Mesquita
Antonio Marta
Cristina Leal
Helena Rodrigues
Daniela Santos
José B. Leal
Sílvia Baptista
Pedro Dias
Ruy Redin
Maria Graça
Virginia Pato
Dina Anastacio
Zé Pedro Leitão

 Actualização de 15.10.2017:
A Estação de Arroios fechou o que possibilita a circulação de composições maiores e os relatos de trepidação diminuíram (talvez com a reparação do material circulante).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s