Areeiro: Freguesia Livre de Cao1418


O Movimento de Cidadãos “Vizinhos do Areeiro” fez um levantamento – extenso mas não completo – de todas as ocorrências do tagger conhecido no meio como “Cão1418”. O objectivo é a partir do foco neste infame tagger, responsável por centenas de tags em Lisboa, que desfeiam a cidade e levam a prejuízos de largos milhares de euros a particulares e autarquias, dar o Exemplo de que é possível viver numa freguesia livre de tags e grafitos selvagens.
Assim sendo, requeremos à Câmara Municipal de Lisboa que diligencie no sentido da sua rápida remoção sabendo que quanto mais rápida esta for maior o poder de dissuasão quanto a recorrências.
Esta será a primeira acção da operação “tag a tag: por um Areeiro mais limpo”. Em breve seguir-se-á outro tagger activo nesta freguesia:
Rua Presidente Wilson (1)
Avenida Guerra Junqueiro (2)
Avenida de Roma (MacDonalds) (1)
Avenida João XXI (2)
Escadas junto à Escola Básica Luís de Camões (1)
Caixa EDP Junto ao Filipa de Lencastre (1)
Praça de Londres (1)
Rua Oliveira Martins (1)
Rua Reis Gomes (1)
Rua Xavier Cordeiro (5)
Avenida Sacadura Cabral (1)
Rua João Villaret (1)

Fora da Freguesia do Areeiro:
Parede da entrada do IST (1)
Rua João Saraiva (1)
Rotunda de Entrecampos (1)

Subscrevem:
Rui Martins
Margarida Braz Pinto Coimbra
Maria João Morgado
António Costa
Ana Paula Araujo
Anabela Nunes
Ines Domingos
Manuela Correia
Cátia Mendes
Luisa Pico Costa
Isabel Athayde E Mello
John Burney
Filipa Vilela Matos
Pedro Sa da Bandeira
Qju Nunes
Luis Seguro
Dina Anastacio
Maria Graça
Elsa Santos
Elisabete Carvalho
Jorge Santos Silva
Teresa Raposo
Ruy Redin

(enviada à Polícia Municipal de Lisboa)

Anúncios

One thought on “Areeiro: Freguesia Livre de Cao1418

  1. Só num país tão estranhamento tolerante ( ou indiferente?) como o nosso , com uma polícia desmotivada e por vezes sem meios ( ou vontade) legais para atuar, uma situação como esta se perpetua desta maneira sem que se veja a mais pequena iniciativa das autoridades relevantes no sentido de eliminar estas chagas da cidade.
    Este é um dos mais visíveis pelo seu caráter figurativo e colorido.
    Mas há muitos mais:
    SAOR, NK’s, SCK, ROTAS, etc, etc
    Só não os conhece e não sabe a zona em que “atacam” quem não quer saber.
    Enquanto o Estado não atua por via legal mais estrita, que pelos menos as juntas de freguesia assumam as suas responsabilidades e limpem os seus territórios.
    Será a melhor forma de dissuadir os infratores.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s