Enviada à IP (ex-Refer) sobre os grafitos na Estação Roma-Areeiro (Processo 2016REC04734) [2 Actualizações]

Após a aparição de novos exemplos de tags ou graffitis selvagens nos vidros exteriores da Estação Roma-Areeiro o movimento de cidadãos “Vizinhos do Areeiro” gostaria de chamar a atenção da IP para esta situação:
1. Quanto mais lenta for a resposta a novos graffitis ou tags maior será o apelo para a continuidade desta actividade
2. A instalação de câmaras de vigilância é um dissuasor efetivo contra este tipo de abusos e o custo da sua instalação e manutenção é amortizado em poucos anos através das poupanças com limpezas assim obtidas
3. A maior parte destas actividades é feita de noite, entre as 2400 e as 0500, pelo que poderá justificar-se a presença de seguranças privados nesse regime horário
4. A instalação de espaços verdes (p.ex. Jardins verticais) junto aos espaços onde é mais frequente a aparição de graffitis e tags é um conhecido dissuasor destes fenómenos
5. A Junta de Freguesia do Areeiro (em CC) tem equipamentos próprios para a limpeza de graffitis e tags selvagens: sugerimos o estabelecimento de um protocolo de parceria por forma a instalar um rápido sistema de resposta a este tipo de fenómenos.

A IP tem responsabilidade social em manter uma presença positiva na comunidade. O descuido aparente à preservação da sua propriedade contradiz esse dever de responsabilidade social e de respeito e preservação da qualidade do espaço urbano onde se inserem as estruturas cuja manutenção compete à IP.

Subscrevem
Rui Martins
Ana Paula Araújo
Mariana Tavares
Jorge Oliveira
Luz Cano
Mira de Lacerda
Maria João Morgado
Manuela Correia
Gabriel Osório de Barros
Luis Seguro
Paulo Mendes
Maria Godinho
Cila Garrido de Figueiredo
Bruno Periquito
Rita Costa
Luisa Galvão
Ruy Redin
Marta Campos
Vasco Ribeiro
Virginia Pato
Teresa Raposo

[Actualização]
Em 8 de setembro boa parte destes grafitos já haviam sido removidos.

[Actualização]
Resposta da IP de 30 de Setembro de 2016:
“Infraestruturas de Portugal – 2016REC04734 – Resposta final
Na sequência da reclamação apresentada no dia 08-08-2016, a Infraestruturas de Portugal, S.A. (IP, SA) tem a informar o seguinte:
Relativamente aos graffitiis, o prestador de serviços de limpeza foi contactado para que a ação de remoção dos grafitis em vidros se realize com a máxima brevidade.
Sobre a segurança, a estação de Roma-Areeiro possui serviço de Vigilância Humana em regime 24h, todos os dias do ano.
A IP, SA confirma que a simples existência de sistema de vigilância em espaços públicos tem um efeito dissuasor.
Aproveitamos para agradecer o seu contacto, lamentando o transtorno causado, sendo que continuaremos a trabalhar no sentido de garantir a melhoria do serviço prestado.
Com os melhores cumprimentos,
Sónia Figueira
Diretora
(Ao abrigo da subdelegação de competências conferida pela Decisão DCN 01/2015)”


[Actualização]

A Junta ao nosso pedido de reforço de acção da REFER respondeu a 27.04.2017 que “Informamos que já foi enviado um mail à REFER, chamando a atenção para a situação dos grafitis”

Anúncios

One thought on “Enviada à IP (ex-Refer) sobre os grafitos na Estação Roma-Areeiro (Processo 2016REC04734) [2 Actualizações]

  1. Esta entidade e uma palhaçada.
    Tenho um problema de ruido provocado pelo IC2 em relação ao nosso prédio que ninguém consegue dormir que pertence todo a mesma familia ecistindo pessoas muito doentes e nada fazem.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s